@revistaganja

Os cientistas do Instituto Dana Farber, cuja missão é estudar o câncer na Universidade de Harvard, conseguiram eliminar completamente os tumores malignos em ratos com câncer de pâncreas, graças ao extrato de cannabis.
⠀
O câncer de pâncreas é hoje um dos mais mortais que existe e tem uma expectativa de vida de 5 anos em apenas 9% da população.
⠀
Essa foi a conclusão dos pesquisadores que acabaram de publicar o resultado na Fronteiras da Oncologia. Nele, os pesquisadores testaram os efeitos dos flavonóides, um composto derivado da cannabis, nas células cancerígenas do pâncreas em camundongos.
⠀
O resultado surpreendeu os pesquisadores: “Esperamos que se mostre alguma inibição do crescimento do tumor, mas não surpreende que também tenha inibido a progressão do tumor em outras partes do corpo. Realmente tivemos que realizar algumas medições adicionais para verificar se isso era realmente verdade ”, disse o pesquisador principal, Dr. Wilfred Ngwa.
⠀
A maior surpresa dos pesquisadores foi que a pesquisa excedeu a radioterapia tradicional. A equipe agora investiga se, em 2020, o tratamento poderá ser testado em seres humanos.
⠀
Esta não é a primeira vez que os flavonóides são considerados altamente eficazes para tratamentos terapêuticos. Apenas algumas semanas atrás, anunciamos a notícia de que um composto semelhante pode ser até três vezes mais eficaz do que a aspirina comum.
⠀
Os flavonóides são compostos que estão praticamente em todas as plantas, frutas e legumes, uma vez que são os que dão cor e cheiro a eles.
Os cientistas do Instituto Dana Farber, cuja missão é estudar o câncer na Universidade de Harvard, conseguiram eliminar completamente os tumores malignos em ratos com câncer de pâncreas, graças ao extrato de cannabis. ⠀ O câncer de pâncreas é hoje um dos mais mortais que existe e tem uma expectativa de vida de 5 anos em apenas 9% da população. ⠀ Essa foi a conclusão dos pesquisadores que acabaram de publicar o resultado na Fronteiras da Oncologia. Nele, os pesquisadores testaram os efeitos dos flavonóides, um composto derivado da cannabis, nas células cancerígenas do pâncreas em camundongos. ⠀ O resultado surpreendeu os pesquisadores: “Esperamos que se mostre alguma inibição do crescimento do tumor, mas não surpreende que também tenha inibido a progressão do tumor em outras partes do corpo. Realmente tivemos que realizar algumas medições adicionais para verificar se isso era realmente verdade ”, disse o pesquisador principal, Dr. Wilfred Ngwa. ⠀ A maior surpresa dos pesquisadores foi que a pesquisa excedeu a radioterapia tradicional. A equipe agora investiga se, em 2020, o tratamento poderá ser testado em seres humanos. ⠀ Esta não é a primeira vez que os flavonóides são considerados altamente eficazes para tratamentos terapêuticos. Apenas algumas semanas atrás, anunciamos a notícia de que um composto semelhante pode ser até três vezes mais eficaz do que a aspirina comum. ⠀ Os flavonóides são compostos que estão praticamente em todas as plantas, frutas e legumes, uma vez que são os que dão cor e cheiro a eles. "Os canabinóides levam as células cancerígenas à apoptose", afirma pesquisa da Universidade Complutense de Madri. ⠀ Leia mais na revistaganja.com ⠀ #revistaganja #maconha #cannabis #weed #legalize #legalização #ganja #hemp
Se ainda existem dúvidas do potencial medicinal da cannabis, é hora de parar e pesquisar fundo sobre o tema, os pacientes não podem mais esperar.
⠀
A empresa Cannabis Science Inc. de biotecnologia com sede em Irvine, Califórnia, constantemente desenvolve medicamentos a base de cannabis, e desta vez, inovou ao apresentar um adesivo que em contato com a pele age rapidamente no alívio da dor.
⠀
O adesivo transdérmico contém canabinóides que penetram na corrente sanguínea proporcionando rápido efeito contra a dor, indicados para pacientes de fibromialgia e dor nos nervos.
⠀
A fibromialgia é uma doença sem cura até o momento, que causa dores drásticas e formigamento no corpo, e a cannabis foi apontada como o remédio mais eficiente para aliviar estes sintomas.
⠀
A National Pain Fundation realizou uma pesquisa em 2014 com pacientes de fibromialgia, que compreendia na comparação de medicamentos com o intuito de apontar o mais eficiente, e não deu outra, a cannabis mostrou-se o melhor tratamento para a doença.
⠀
O CEO da empresa Cannabis Science, Raymond Dabney, explica que apesar de inovadora, essa tecnologia farmacêutica é apenas uma
Se ainda existem dúvidas do potencial medicinal da cannabis, é hora de parar e pesquisar fundo sobre o tema, os pacientes não podem mais esperar. ⠀ A empresa Cannabis Science Inc. de biotecnologia com sede em Irvine, Califórnia, constantemente desenvolve medicamentos a base de cannabis, e desta vez, inovou ao apresentar um adesivo que em contato com a pele age rapidamente no alívio da dor. ⠀ O adesivo transdérmico contém canabinóides que penetram na corrente sanguínea proporcionando rápido efeito contra a dor, indicados para pacientes de fibromialgia e dor nos nervos. ⠀ A fibromialgia é uma doença sem cura até o momento, que causa dores drásticas e formigamento no corpo, e a cannabis foi apontada como o remédio mais eficiente para aliviar estes sintomas. ⠀ A National Pain Fundation realizou uma pesquisa em 2014 com pacientes de fibromialgia, que compreendia na comparação de medicamentos com o intuito de apontar o mais eficiente, e não deu outra, a cannabis mostrou-se o melhor tratamento para a doença. ⠀ O CEO da empresa Cannabis Science, Raymond Dabney, explica que apesar de inovadora, essa tecnologia farmacêutica é apenas uma "ponta do iceberg" do que a companhia pretende propor através do potencial dos canabinóides. ⠀ A proposta do adesivo está sendo também desenvolvida para a neuropatia diabética, sendo cada adesivo composto por canabinóides indicados a determinado tipo de paciente e seus respectivos sintomas. ⠀ Quando será que essa tecnologia chegará ao Brasil? Ganjalize-se. ⠀ Leia mais na revistaganja.com ⠀ #revistaganja #maconha #cannabis #weed #legalize #legalização #ganja #hemp #marijuana #cbd #medicinal #cannabisworld #medicinalcannabis #joint #bud #highsociety #smoke #landrace #sativa #indica #ruderalis #420 #endocannabinoid
Você já pensou se tivéssemos uma bateria que fosse mais eficiente e ecológica que as mais poderosas baterias atuais, como por exemplo as de lítio e grafeno!? E se a resposta estivesse surpreendentemente na nossa plantinha!?
⠀
Pois bem, é justamente isso que tem sugerido alguns estudos da área!
⠀
Os supercapacitores, como são chamados, são dispositivos de armazenamento de energia, que diferente dos modelos atuais, podem carregar e descarregar em poucos segundos. Porém, esses tipos de capacitores atualmente não podem armazenar tanta energia quanto as atuais baterias, devido à uma propriedade conhecida como densidade de energia. A solução para isso parece estar no projeto de melhores eletrodos, e é aí que a nossa saudosa cannabis entra em cena!
⠀
Pra ser mais específico, o potencial parece estar no cânhamo, variedade da planta Cannabis Ruderalis com uma incrível densidade de fibras, é o que sugere um dos experimentos conduzidos por Robert Murray Smith em seu popular canal no Youtube sobre avanços tecnológicos. Smith fez um experimento observando a curva de Volts por Amps das baterias de Cânhamo e Lítio. Para sua surpresa inicial, o poder sob a célula de Cânhamo era de 31, enquanto o da célula de lítio tinha apenas 4.  Ele afirma que os resultados mostram simplesmente
Você já pensou se tivéssemos uma bateria que fosse mais eficiente e ecológica que as mais poderosas baterias atuais, como por exemplo as de lítio e grafeno!? E se a resposta estivesse surpreendentemente na nossa plantinha!? ⠀ Pois bem, é justamente isso que tem sugerido alguns estudos da área! ⠀ Os supercapacitores, como são chamados, são dispositivos de armazenamento de energia, que diferente dos modelos atuais, podem carregar e descarregar em poucos segundos. Porém, esses tipos de capacitores atualmente não podem armazenar tanta energia quanto as atuais baterias, devido à uma propriedade conhecida como densidade de energia. A solução para isso parece estar no projeto de melhores eletrodos, e é aí que a nossa saudosa cannabis entra em cena! ⠀ Pra ser mais específico, o potencial parece estar no cânhamo, variedade da planta Cannabis Ruderalis com uma incrível densidade de fibras, é o que sugere um dos experimentos conduzidos por Robert Murray Smith em seu popular canal no Youtube sobre avanços tecnológicos. Smith fez um experimento observando a curva de Volts por Amps das baterias de Cânhamo e Lítio. Para sua surpresa inicial, o poder sob a célula de Cânhamo era de 31, enquanto o da célula de lítio tinha apenas 4. Ele afirma que os resultados mostram simplesmente "que o desempenho da célula de cânhamo é significativamente melhor do que seu equivalente de lítio''. ⠀ Apesar do experimento apresentado no canal de Smith, a descoberta não é nova! Em 2014 um estudo conduzido pelo Ph.D, David Mitlin e apresentado pela startup canadense no National Meeting & Exposition of the American Chemical Society (ACS), a maior sociedade científica do mundo, sugeriu que os capacitores que utilizam o Cânhamo em sua composição, podem segurar tanta energia quanto o melhor material atual: o grafeno, custando porém, um milésimo do valor. ⠀ Leia mais na revistaganja.com ⠀ #revistaganja #maconha #cannabis #weed #legalize #legalização #ganja #hemp
A cannabis, como já é conhecida, possui efeitos medicinais fantásticos que conduz a vida de muitos pacientes para um convívio tranquilo através da redução de sintomas.
⠀
Quando se fala de ansiedade e alguns de seus efeitos, como por exemplo, falar em público, a eficácia de um derivado de cannabis já foi comprovada, qual seja, o óleo de canabidiol.
⠀
De acordo com um estudo da área de neuropsicologia que consistiu na administração do óleo para tratar ansiedade, foi possível conduzir de 70 a 400 mg em humanos saudáveis que resultou em um comportamento positivo em situações que causam ansiedade.
⠀
Os pacientes de ansiedade social ou generalizada, apresentaram melhora com a administração de 400 a 600 mg do remédio, dosagem suficiente para conter sintomas ansiolíticos.
⠀
O TEPT- transtorno de estresse pós traumático compreende na formação e manutenção de uma memória aversiva, e a cannabis também mostrou-se eficiente nesses caso, mas foi necessária maior dosagem do óleo em comparação a ansiedade.
⠀
Apesar de promissores, os estudos que relacionam a cannabis a depressão são pouco relevantes, isso porque os testes foram realizados apenas com camundongos.
⠀
A administração de 30 a 200mg/kg mostrou atenuação significativa da anedonia e os ratos apresentaram maior disposição para explorar os ambientes, no entanto, o efeito antidepressivo do CBD ainda necessita de estudos.
⠀
A cannabis ainda tem muito potencial para apresentar ao mundo, e os cientistas tentam comprovar isso a cada dia que passa, para que assim, todos possam usufruir dos benefícios da Ganja.
⠀
Sabe algo sobre o assunto? Conta pra gente. Ganjalize-se.
⠀
Leia mais na revistaganja.com
⠀
#revistaganja #maconha #cannabis #weed #legalize #legalização #ganja #hemp #marijuana #cbd #medicinal #cannabisworld #medicinalcannabis #joint #bud #highsociety #smoke #landrace #sativa #indica #ruderalis #420 #endocannabinoid
A cannabis, como já é conhecida, possui efeitos medicinais fantásticos que conduz a vida de muitos pacientes para um convívio tranquilo através da redução de sintomas. ⠀ Quando se fala de ansiedade e alguns de seus efeitos, como por exemplo, falar em público, a eficácia de um derivado de cannabis já foi comprovada, qual seja, o óleo de canabidiol. ⠀ De acordo com um estudo da área de neuropsicologia que consistiu na administração do óleo para tratar ansiedade, foi possível conduzir de 70 a 400 mg em humanos saudáveis que resultou em um comportamento positivo em situações que causam ansiedade. ⠀ Os pacientes de ansiedade social ou generalizada, apresentaram melhora com a administração de 400 a 600 mg do remédio, dosagem suficiente para conter sintomas ansiolíticos. ⠀ O TEPT- transtorno de estresse pós traumático compreende na formação e manutenção de uma memória aversiva, e a cannabis também mostrou-se eficiente nesses caso, mas foi necessária maior dosagem do óleo em comparação a ansiedade. ⠀ Apesar de promissores, os estudos que relacionam a cannabis a depressão são pouco relevantes, isso porque os testes foram realizados apenas com camundongos. ⠀ A administração de 30 a 200mg/kg mostrou atenuação significativa da anedonia e os ratos apresentaram maior disposição para explorar os ambientes, no entanto, o efeito antidepressivo do CBD ainda necessita de estudos. ⠀ A cannabis ainda tem muito potencial para apresentar ao mundo, e os cientistas tentam comprovar isso a cada dia que passa, para que assim, todos possam usufruir dos benefícios da Ganja. ⠀ Sabe algo sobre o assunto? Conta pra gente. Ganjalize-se. ⠀ Leia mais na revistaganja.com ⠀ #revistaganja #maconha #cannabis #weed #legalize #legalização #ganja #hemp #marijuana #cbd #medicinal #cannabisworld #medicinalcannabis #joint #bud #highsociety #smoke #landrace #sativa #indica #ruderalis #420 #endocannabinoid